Moda dos Anos 60

Moda dos anos 60: no brasil, masculina, feminina Galeria

Rebeldia, seu nome é Anos 1960. Uma época de oposição jovem, nas atitudes e na maneira de vestir, tanto de homens como de mulheres. Se na Europa os jovens usavam roupas especialmente criadas para eles e não mais derivadas do vestuário adulto, numa ação libertária à sociedade de consumo vigente, no Brasil não seria diferente.

A moda dos anos 60

A liberdade tomava conta das ruas das cidades brasileiras e jovens influenciados pelas ideias de liberdade “On The Road” davam um basta à moda única, e passavam a se vestir com estilos cada vez mais ligados a sua forma de comportamento. Era a contracultura, que se fazia notar em todos os setores da arte, comportamento e, claro, na moda.

Surgiam então as minissaias, as coleções de roupas em linha reta, as botas brancas e as garotas vestidas no estilo futurista, as “Moon Girls”, com roupas espaciais, metálicas e fluorescentes.

Qualquer experimentação era bem-vinda e a moda ganhou tons psicodélicos, geométricos e românticos, inspirados em elementos da art noveau, do Oriente, do Egito antigo ou quem sabe até do efeito que as drogas provocavam nos jovens.

A variedade de estampas e fibras também era enorme, quase tudo era permitido, e popularizou-se então a fibra sintética no mercado, ao lado das naturais, também bastante usadas.

Lado a lado com a evolução na moda, as mulheres também conquistavam espaço e adquiriam novos direitos. Entre eles, o de usar roupa masculina, sem nenhuma censura. Ganhou força então o jeans e o smoking feminino, uma atitude de rebeldia ao figurino que por séculos as mulheres foram obrigadas a usar.

Para os homens, os cabelos na testa e as roupas no estilo Beatles era tudo que se podia desejar. A moda era o paletó cintado, gravatas largas e botinas, sem meias, se possível. A regra era que fosse silhueta ajustada ao corpo, sempre. A gola rolê, outro clássico da época no guarda-roupa masculino, também marcava presença constante.

Para dar força aos novos costumes entre os jovens, a Jovem Guarda ditava moda no Brasil. A minissaia de Wandeléa e as roupas coloridas de Roberto carlos era imitadas a exaustão numa atitude de rebeldia aos padrões impostos. Tudo devia ser popular, fugaz e, quanto mais moderno, melhor.

E falando em modernidade, o movimento hippie, que pregava paz e amor, divulgava o supra sumo da liberdade de agir e vestir: os cabelos eram longos para homens e mulheres, as roupas coloridas, tudo regado a muita música e drogas.

Se a moda dos anos 60 quebrou tabus da época, também ajudou abrir caminhos para os dia atuais, onde ela é cada vez mais democrática e versátil, para homens e mulheres.

Lojas que você vai gostar
  • Claro
Mais artigos como este
Discussão
blog comments powered by Disqus
Outros estão lendo no momento
Cupons e descontos
  • Exclusivo Cupom de R$45. Válido para compras acima de R$300 na Netshoes!
    Mostrar cupom

    NETSHOES45

    Copiar código

    Válido até 31.07.2014 | Ver detalhes | Veja todos os cupons de desconto de Netshoes

    O desconto aparece no carrinho após adicionar algum produto! Valor mínimo de compra R$300,00 (Não é necessário digitar nenhum código). Caso já tenha colocado o produto no carrinho, atualize a página.

    Valor mínimo da compra: 300

  • Recomendado Cupom 20% de desconto
    Mostrar cupom

    20SET13

    Copiar código

    Válido até 31.12.2014 | Ver detalhes | Veja todos os cupons de desconto de Centauro

    20% de desconto Exceções: Adams, Adidas, Asics, Babolat, Caiaker, Caloi, Capricho, Cavalera, Coca Cola, Converse, Eko, Fox , Garmin, Gibbon, Go Pro, Go Run, GT, KHS, Kikos, Lacoste, Mac Boot, Mizuno, Mormaii, New Balance, Nike, Oakley, Oregon, Penalty, Polar, Puma, Roller Blade, Saucony, Soul Clycles, Supflex, Suunto, The Simpsons, Thule, Timberland, Track e Bikes, Xeryus , West Coast, Snake, Victor Inox, Xps Sports, Kappa. Regras em (http://www.centauro.com.br/sc/regras).