Menstruação na gravidez: existe, é normal, dura quantos dias

Menstruação na gravidez: existe, é normal, dura quantos dias Galeria

A gravidez costuma ser um período de felicidade para mulher: ela sente outra pessoa crescendo dentro de si em uma íntima conexão, e nada mais no mundo importa. Por isso, qualquer alteração em seu corpo que ela perceba como prejudicial à gravidez é motivo de desespero. Um dos eventos mais preocupantes é o sangramento, que muitas descrevem como sangramento na gravidez. Na verdade, a mulher não menstrua durante a gravidez. A prolactina, hormônio cujo declínio cíclico leva à menstruação, tem seus níveis constantemente elevados durante a gravidez.

Sua gravidez tranquila: sangramento

Sua gravidez tranquila: sangramento

As causas mais comuns de sangramento durante a gravidez variam de acordo com o trimestre em que se encontra a gestação. No primeiro trimestre, o sangramento pode ocorrer logo nas primeiras semanas da gravidez, no período chamado de nidação, em que o embrião se implanta no útero, e coincidir com o período em que a menstruação deveria ocorrer. Nesse processo ocorre uma invasão do endométrio por células provenientes do embrião, o que pode causar um sangramento, que é leve e dura poucos dias. Outras causas que podem levar a sangramento, sendo motivo de maior preocupação nesse período, são: doença trofoblástica gestacional (de células provenientes do embrião que dão origem à placenta), incompetência cervical, lacerações, infecções, presença de pólipos e miomas, e até mesmo um abortamento. Como o corpo lúteo produz a prolactina até a placenta se formar e suprir a produção do hormônio, uma insuficiência lútea pode também levar ao aborto. O segundo trimestre é o período mais estável da gravidez e sangramentos tipo menstruação são mais raros. No entanto, casos de placenta prévia podem levar à “menstruação” neste período.Hemorragia no terceiro trimestre ainda é uma das complicações mais graves da gravidez. É comum encontrar sangramento no final da gestação, mas isso requer uma avaliação médica em cerca de 10% dos casos. As causas obstétricas de sangramento geralmente são mais volumosas e também mais perigosas. As três principais causas de hemorragia são: descolamento prematuro da placenta, placenta prévia e ruptura do útero. Os dois primeiros causam perdas de mais de 800 mL de sangue. À frente de um quadro como este, não se deve realizar toque vaginal ou retal até que a possibilidade de placenta prévia seja afastada e se esteja preparado para o controle de complicações maternas ou perinatais.

Ao contrário do que algumas podem imaginar, o uso de anticoncepcional durante a gravidez não evita um possível sangramento tipo menstruação e pode até ser prejudicial para o feto. Seja em uma gravidez de risco ou em uma gravidez normal, o sangramento deve sempre ser relatado ao médico. Ele fará exames clínicos, físicos e complementares, como toque e ultrassom, que ajudam a realizar o diagnóstico e determinar o tratamento.

Prevenção e Cuidados

Cuide de sua saúde e encontre métodos contraceptivos de forma online em lojas como a Ultrafarma.

Mais artigos como este
Discussão
blog comments powered by Disqus
Outros estão lendo no momento
similares
  • Recomendado Descontos exclusivos de 12% de desconto em todo o Site, só nesse Link!
    Mostrar oferta

    Copiar código

    Válido até 31.10.2014 | Ver detalhes | Ver todos os Cupons desconto Extra

    Aproveite agora este cupom de 12% de desconto em todo o site. Não é necessário um código , pois o desconto está contido no Link. Confira e aproveite.

  • Recomendado Cupom 20% de Desconto na Netshoes!
    Mostrar Código

    CMKE1Q20PCHKH6D4

    Copiar código

    Válido até 01.12.2014 | Ver detalhes | Ver todos os Cupons desconto Netshoes

    Aproveite já 20% de desconto. Insira o código no carrinho de compras.
    Exceção de marcas e categorias. Exceção de marcas: Nike, Adidas, Asics, Puma, Mizuno, Oakley, Caloi e Categorias: Games e Eletrônicos. Promoção não Cumulativa.