Geradores

Geradores: eletricos, de energia, a diesel, gasolina, a gas, e mais Galeria

O objetivo deste artigo é dar a conhecer o que é um gerador elétrico, os diversos tipos e para que servem.

Um gerador é uma máquina elétrica que transforma energia mecânica ou térmica em energia elétrica.

As principais caraterísicas eletromecânicas de um gerador são a Potência Elétrica (expressa em watts – W), a frequência (expressa em hertz – Hz) e a velocidade (expressa em rotações por minuto – rpm).

Conforme a natureza da corrente elétrica produzida, estas máquinas classificam-se como geradores de corrente contínua (dínamos) e geradores de corrente alternada (alternadores síncronos).

Este artigo vai ocupar-se dos geradores de corrente alternada.

A imagem mostra um alternador.

A PRODUÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA

A PRODUÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA

A energia para fins comerciais é trifásica, produzida em usinas elétricas, em média voltagem, e não é diretamente utilizável pelo consumidor.

A potência destes grupos geradores é normalmente da ordem dos milhões de watts (gigawatt – GW).

Nas usinas elétricas os alternadores são acionados por turbinas.

No caso em que a energia primária é mecânica, distinguem-se os seguintes tipos de usinas:

- Usinas hidrelétricas, onde a energia potencial da água de um rio é, a partir da sua transformação em energia cinética, utilizada para fazer movimentar a turbina.

- Usinas eólicas, onde o vento é usado para o movimento da turbina (os aerogeradores).

Outras formas de energia mecânica que podem ser utilizadas para a produção de energia elétrica são a energia das ondas e a das marés.

Quando a energia primária é de origem térmica, são utilizados combustíveis para a produção de calor, que por aquecimento de água numa caldeira, vai gerar vapor que é utilizado para fazer movimentar a turbina.

Este tipo de usinas chama-se termelétrica e os combustíveis podem ser fósseis (fuel, carvão ou gás natural) ou renováveis, como por exemplo os biocombustíveis (madeira, álcool, óleos não minerais e metanol, entre outros).

Um caso particular deste tipo de usinas, são as usinas nucleares, onde são utilizados elementos radiativos para a produção de calor através de reações nucleares dos átomos.

PRODUÇÃO PRÓPRIA DE ENERGIA ELÉTRICA

PRODUÇÃO PRÓPRIA DE ENERGIA ELÉTRICA

A produção de energia para consumo próprio, faz-se quando é necessário uma alternativa ao fornecimento através da rede pública, em caso de defeitos nesta, para que seja possível continuar a utilizar alguns equipamentos elétricos, ou em situações em que não exista distribuição de energia no lugar, como, por exemplo, em certos canteiros de obras.

Nestes casos são utilizados grupos eletrogêneos, que produzem energia monofásica ou trifásica em baixa voltagem (127 V; 220 V; 254 V; 380 V; 440 V), diretamente utilizável, com potências que podem variar entre alguns watts até aos milhares de watts (quilowatt – kW).

O alternador destes grupos é acionado por um motor de combustão interna (ou de explosão), fazendo-se portanto a transformação de energia térmica em energia elétrica.

Os combustíveis utilizados são o diesel (o mais vulgar), a gasolina (para grupos com pouca potência) ou o gás (natural, propano ou butano), que têm a vantagem de serem mais econômicos.

Os grupos eletrogêneos podem ser móveis, dependendo da potência, e dotados de canópia, para atenuar o ruído.

Também é possível alugar este tipo de geradores.

No website "http://www.jfmg.com.br/ver.php?centro=listagem_az&l=segmento&segmento=1324&busca=&p=2” poderá encontrar empresas brasileiras que se deicam à comercialização e aluguel de grupos eletrogêneos.

Mais artigos como este
Discussão
blog comments powered by Disqus
Outros estão lendo no momento