Consultar Multas Pelo Renavam

Consultar Multas Pelo Renavam Galeria

Antes de formalizar a compra de um carro usado, é fundamental consultar o RENAVAM, Registro Nacional de Veículos Auto motores, que é um banco de dados que integra informações do Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAM) e do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN). Nessa rápida consulta, você poderá ter acesso a todo o histórico do carro, desde a sua fabricação, emplacamento, número de proprietários, mudanças de características, troca de Estados até a data em que o veículo deixar de circular nas ruas.

Como Consultar Multas Pelo RENAVAM

Como Consultar Multas Pelo RENAVAM

No site do DETRAN é possível consultar multas pelo RENAVAM grátis com o número do RENAVAM, que está indicado na parte superior do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV). Para isso, basta entrar no DETRAN do Estado onde mora e fazer um registro para ter acesso aos serviços eletrônicos oferecidos pelo site. No registro, é preciso informar se é Pessoa Física ou Pessoa Jurídica, o número do CPF ou CNP e criar o login. Depois, basta selecionar no site a categoria Infrações e clicar em Pesquisa de Multas e Dados do Veículo. Caso não encontre o RE-NAVAM, o usuário pode fornecer o número do chassi do carro.

Serviços Eletrônicos do DETRAN

Além de pesquisar o histórico do carro pelo número do RE-NAVAM, é possível acessar outros serviços oferecidos pelo site do DETRAN: pesquisar pontos recebidos na CNH e solicitar Recursos de Penalidade, ou seja, quando a pessoa leva uma multa e por achar injusta decide recorrer. Além disso, há uma seção “tira-dúvidas” que orienta detalhadamente o cidadão caso ele precise renovar a carteira de habilitação ou solicitar a segunda via de um documento como CRLV ou transferência interestadual ou local (de um município para outro, dentro do mesmo Estado), entre outros.

Outras Consultas Feitas com o RENAVAM

Além de consultar multas no DETRAN, o cidadão pode usar o número do RE-NAVAM no site da Secretaria da Fazenda para verificar se há débitos (IPVA; multas federais estaduais e federais, municipais e convênios; taxas e DPVAT – Seguro Obrigatório) antes de fazer o Licenciamento Eletrônico; fazer o cálculo e disponibilizar guia de recolhimento do IPVA e do DPVAT; consultar o valor venal para o IPVA de 2013, além dos débitos remitidos do IPVA. Também é possível gerar diversas guias de recolhimento, entre elas, veículo 0KM, IPVA de exercícios anteriores, problema de cadastro com o DETRAN, recolhimento requerido por auto de infração (AIIM), e Seguro Obrigatório (DPVAT). O pagamento dessas guias pode ser feito pela internet ou por meio de bancos credenciados, como Banco do Brasil, HSBC, Santander, Bradesco, Caixa Econômica, entre outros.

Lojas que você vai gostar
  • Bradesco
Mais artigos como este
Discussão
blog comments powered by Disqus
Outros estão lendo no momento