Carta de Intenção: mestrado, especialização, dicas de como redigir

Carta de Intenção: mestrado, especialização, dicas de como redigir Galeria

A carta de intenção – carta de motivação ou apresentação – é muitas vezes um fator determinante em relação a contratação ou seleção de um candidato à uma vaga de emprego ou em um curso de especialização, para mestrado e doutorado.

Geralmente, esse tipo de documento integra os documentos necessários processos seletivos, acompanhado do currículo vitae e, dependendo do caso, de cópias de certificados e cartas de recomendação. A boa redação da carta de intenção é fundamental para que o candidato(angel) crie uma boa impressão para com a comissão de seleção, indique suas motivações e conte um pouco sobre sua experiência acadêmica e profissional – afirmando que o seu perfil se adequa às exigências da vaga. Por isso, clareza, cortesia e sobretudo um excelente Português são fatores indispensáveis para a redação de uma boa carta. É a partir dela que o candidato(angel) poderá se destacar perante os demais concorrentes.

Corpo do texto da carta de intenção

Corpo do texto da carta de intenção

Mas como redigir uma boa carta de intenção? Embora haja modelos para a composição desse tipo de documento, como exeplos de carta pronta na internet, algumas recomendações nunca devem ser esquecidas. O texto não deve conter mais de uma página, com parágrafos curtos. Tenha parcimônia: esteja atentos aos detalhes, mas evite procrastinações ou informações desnecessárias e cansativas. Opte por uma formatação clássica: fonte Times New Roman ou Arial, tamanho 10 ou 12, com um espaço 1,5 entre as linhas. Os parágrafos devem ser justificados. Não esqueça de incluir a cidade e a data no começo, bem como um telefone para contato e um endereço de email. Caso a seleção não seja online, não esqueça de assiná-la.

Conteúdo da carta de intenção

Conteúdo da carta de intenção

Explique a razão da escolha da instituição ou empresa em questão, relacionando-a com suas afinidades e seus projetos profissionais. Mencione as informações relevantes do seu histórico profissional e o modo que as suas qualificações contribuirão para o êxito da instituição. Mostre que você está bem informado sobre os projetos e objetivos da empresa/universidade. Isso garante que a carta é exclusiva, não apenas um modelo copiado e enviado para várias outras instituições, como um email spam.

Destaque suas qualidades e habilidades e cite as suas dificuldades de forma cuidadosa e rápida, de modo a convertê-las em força de aprendizagem. Mostre sempre seu intuito de melhorá-las e aperfeiçoá-las. Evite informações muito pessoais que possam se tornar constrangedoras. Cite os seus planos futuros, incluindo-se no projeto da empresa ou da instituição ao qual se destina a carta, como um atributo primordial para que os seus projetos sejam almejados.

Estrutura da carta de intenção

Estruturalmente, a parte superior da carta menciona o nome do destinatário, a data e a cidade e geralmente é dividida entre quatro a seis parágrafos. Sempre que possível, diminua o uso do pronome “eu” em sua redação. O discurso pode se manter variado, fluido e agradável para quem a lê. Esse tipo de carta de intenção sempre leva uma conclusão breve e em seguida é assinada. Deve ser rigorosamente revisada em busca de erros ortográficos ou de digitação, em favor de uma boa impressão a respeito do declarante. Não esqueça de imprimí-la com papel de boa qualidade, além do conteúdo, sua apresentação também conta pontos.

Com a carta pronta, chegou o momento de enviá-la. Se está a procura de emprego não deixe de conferir o site da Catho e aproveite as melhores vagas.

Mais artigos como este
Discussão
blog comments powered by Disqus
Outros estão lendo no momento