Cristiane Torloni Morte Filho

Cristiane Torloni Morte Filho Galeria

Desde quando iniciou sua carreira, no ano de 1976, na época com 19 anos de idade, a atriz Cristiane Torloni emplaca papéis de sucesso, que são relembrados por seus fãs até os dias de hoje. Em seu currículo constam filmes, novelas e peças teatrais. De tão bela, chegou a ser considerada símbolo sexual na década de 1980. Porém, um acontecimento dramático mudou a vida da atriz, que chegou a pensar em abandonar a carreira.

Uma História de Superação

Uma História de Superação

Como aconteceu o acidente ela não sabe ao certo, mas no ano de 1991 a atriz perdeu o controle de sua caminhonete, ao tentar realizar uma manobra para sair da garagem de casa. O carro caiu de uma altura de quatro metros. No banco do passageiro estava Guilherme, seu filho de doze anos, irmão gêmeo de Leonardo e fruto do casamento da atriz com Denis Carvalho. O menino sofreu traumatismo craniano e morreu.

Após o acidente Cristiane e Leonardo se mudaram para Portugal, onde moraram por três anos. O processo da viagem e da estadia na Europa funcionou como um tipo de exílio auto-imposto, na tentativa de superar a morte do filho. Em entrevista a atriz chegou a confessar que em alguns momentos até o processo de andar era difícil.

No período que passou fora, porém, continuou se dedicando ao teatro, tendo voltado uma vez ao Brasil para a gravação de uma minissérie, já que o contrato que tinha com a rede globo não havia sido rescindido. Entretanto, afirma Cristiane, “cheguei a pensar em deixar de ser atriz”.

O público, no entanto, não a abandonou. Enquanto esteve fora recebeu cartas dos fãs dando apoio e pedindo que não abandonasse sua carreira e foi o que fez. Com auxilio da fé, as reflexões de Cristiane Torloni, morte, filho e outros acontecimentos que davam ainda sentido a sua vida, mas com muita dificuldade nesse processo, enfim pode superar a dor e voltar a viver e ser feliz, mesmo que lhe faltasse uma parte.

Como a Fé Ajuda a Superar a Dor

Como a Fé Ajuda a Superar a Dor

Por ironia do destino ao retornar para seu país de origem, aceitou o papel de Dinah, na novela A Viagem, que tinha temática espírita. Em entrevista em 2010 a atriz afirma que se “não estivesse recuperada não teria conseguido fazer aquele papel, que era profundo e mexia muito com toda a dor que havia passado. E voltou a dizer que não se esquece um filho perdido, apenas se aprende a lidar com a dor, porém não há receita para superação”.

Hoje ela lida com a perda e tenta superá-la diariamente, ainda que seja uma tarefa muitas vezes difícil, mas a necessidade de continuar a própria vida fala mais alto. A dedicação a carreira e o sucesso são os mesmos de outrora, o que muda é só a maneira de pensar quando se trata da morte do filho e da vida que tem de continuar sem ele.

Mais artigos como este
Discussão
blog comments powered by Disqus
Outros estão lendo no momento